Como emagrecer e manter a boa forma no inverno

Você sabia que, no inverno, nosso corpo trabalha bem mais para manter a temperatura, acelerando o metabolismo e queimando mais calorias do que no verão? E essa pode ser uma boa notícia para você.

Compartilhar:

Temos o costume de achar que o inverno é a estação do ano em que mais ganhamos peso, não é?

A impressão é de que sentimos mais fome — e as comidas à mesa, mais gostosas, mais quentes e mais calóricas, parecem um incentivo para os números crescerem na balança.

Isso, porém, não é totalmente verdade, meu caro. O inverno, pelo contrário, pode ser pode ser um ótimo período para perder peso ou manter os ganhos que os exercícios físicos já lhe proporcionaram. Vem que a gente explica.

 

Então, por que ganhamos peso no inverno?

Imagem gerada por IA mostra, em fundo neutro, um homem de costas para uma mulher. Ela, ruiva e jovem usando camisa preta. Ele, loiro, na faixa dos 30 anos, usando camisa branca.

Imagem: ilustração criada por IA, via Midjourney, por João Marinho.

Primeiramente, os fatos. Existem, sim, dados que mostram que as pessoas tendem a engordar quando as temperaturas baixam.

Nos Estados Unidos, por exemplo, já se comprovou que as pessoas ganham entre 0,4 e 0,9 kg nos meses mais frios, que lá compreendem o período entre novembro e janeiro.

A explicação para isso, porém, está mais ligada a fatores culturais e até psicológicos: simplesmente, as pessoas comem mais e as porções são maiores. Em países como os próprios Estados Unidos, onde o Natal, o Ano Novo e as ceias fartas coincidem com o inverno, está dada a receita para o ganho de peso.

A culpa é, em larga medida, da alimentação porque o que acontece com o organismo no inverno é o contrário do que muitos acreditam: no frio, na verdade, nosso corpo precisa trabalhar mais para manter a temperatura interna

Com isso, o metabolismo se acelera e pode ser a deixa para que percamos peso com mais facilidade no frio do que no calor! Já há, inclusive, dados que mostram que os tremores e calafrios (em inglês, shivering) que sentimos no frio é um poderoso ‘queimador’ de gordura.

Na verdade, praticar atividade física ao ar livre no frio pode ajudar a queimar 30% mais calorias que no calor do verão, segundo a American Sports & Fitness Association (ASFA). Tem até treinadores e personal trainers que tiram proveito disso. 😵

O que comer para emagrecer no inverno?

Agora, é claro que, sem orientação e supervisão adequadas de um profissional, sair na friaca de regata sob o pretexto de acelerar a queima diária de calorias não é uma boa estratégia para a sua saúde.

Por isso, uma das formas de garantir que você perca peso, ou ao menos não ganhe, é começar ‘atacando o inimigo’ onde ele está: na sua mesa.

É importante não descuidar da alimentação só porque está frio — e aproveitar para investir em alimentos que são a cara do inverno, mas contribuem para a aceleração do metabolismo.

Foto mostra prato em que se vê um frango assado com rodelas de limão e vegetais para consumo.

Foto: Tim Douglas | Pexels.

A canela, por exemplo, é um ingrediente termogênico que pode ser adicionada a chás, cafés e frutas. Outro termogênico famoso é o gengibre, que rende chás ou pode ser adicionado a outras receitas.

Também dá para caprichar em temperos como alho, cebola e pimenta nos caldinhos e sopas, por exemplo; e que tal aproveitar o clima para curtir verduras e legumes cozidos e consumir frutas assadas, como banana e maçã?

Não se esqueça das fibras para manter o intestino funcionando bem. Alimentos integrais, que podem incluir arroz e até massas, além das leguminosas — como feijão, grão-de-bico, ervilha e lentilha — são ótimas opções nesse sentido. Ah, e mantenha a hidratação em dia, bebendo água e sucos de baixas calorias.

Faltou saber quantas gramas de proteína por dia você precisa para manter ou aumentar o ganho muscular? Sem problemas. Temos uma matéria aqui, no blog, para você 👉 Como ganhar massa muscular com a quantidade certa de proteína

Quais exercícios fazer no inverno?

Homem de pele clara, regata cinza, cabelos compridos e calça realiza o exercício de agachamento em academia.

Foto: Ivan Samkov | Pexels.

A gente sabe que o friozinho não é propriamente convidativo para sair da cama e do sofá com cobertor quentinho, mas olha… diminuir a atividade física enquanto se come muito não é lá a melhor estratégia para a boa forma, né?

Se você for adepto das atividades ao ar livre, não se esqueça de consultar um profissional de educação física para continuar os exercícios físicos sem sofrer com o frio e acabar prejudicando seu bem-estar, pois o frio e o ar seco podem prejudicar as vias respiratórias.

Agora, se essa não é sua praia gelada, tire vantagem do fato de que muitas academias ficam mais vazias no inverno e aproveite para malhar ‘in door’ mesmo, com todos os cuidados e conforto.

Veja algumas séries de exercícios que podem ser bem legais:

  • Barra: é um ótimo exercício para manter e aprimorar força e condicionamento físico e força
  • Faixa elástica: pode ser bem útil nos alongamentos e tem papel no desenvolvimento da força de da flexibilidade
  • Exercícios de explosão muscular, como agachamentos com salto e saltos em profundidade: são excelentes aliados para a queima de calorias

  • Abdominais:
    fundamentais para fortalecer o core (parte central do corpo) e ajudar na queima de gordura da barriga.
  • Exercícios aeróbicos: não precisa nem falar, né? Além de contribuir para o condicionamento físico geral, são também excelentes ‘queimadores’.
Homem de cabelos curtos, tatuagem e pele clara, executa o exercício de barra fixa. A imagem mostra a ativação muscular nas costas.

Foto: Milan Csizmadia | Unsplash.

Manter a frequência de atividade física em, no mínimo, três vezes por semana é o ideal para obter bons resultados.

Praticando esses bons hábitos, seu inverno poderá ser muito produtivo, mais interessante e uma etapa fundamental para o ‘projeto verão’. 🤜🤛

Quer uma mãozinha?

Embalagem do produto Abdoburn, da Dr. JONES, em uma esteira de palha e ladeado por uma folha de palmeira.

Foto: Dr. JONES (todos os direitos reservados).

Criado especialmente para a pele masculina, o gel redutor de medidas para o abdômen Abdoburn, da Dr. JONES, pode ser seu aliado tanto no inverno quanto no verão.

Sua fórmula exclusiva contém Cafeína Pura vetorizada em matriz de Silício Orgânico, Pantenol (Pró-Vitamina B5) e ativos biofuncionais que, juntos, otimizam a ação lipolítica, combatem o acúmulo de gordura e a flacidez e têm ação anti-inflamatória. 😏

|

Com colaboração de Raquel Marinho.

Imagem/Destaque: ilustração criada por IA, via Midjourney, por João Marinho.